AÇÕES SINDICAIS

Ecourbis e Siemaco alertam para os perigos da droga no ambiente do trabalho e fora dele

15/07/2017

 

Alguns temas são difíceis de serem abordados, pelo preconceito e criminalização que os permeiam. O uso de drogas, lícitas ou não, é um deles. Por isso, o sindicato fez questão de participar ativamente da Semana Interna de Prevenção de Acidentes, que promoveu informação de qualidade aos trabalhadores da UTRS – Unidade de Tratamento de Resíduos do Serviço de Saúde, localizada na região leste da cidade.

O encontro, realizado na tarde de 13 de julho, gerou o debate sobre Os Efeitos do Uso de Álcool e Drogas no ambiente de Trabalho. O palestrante, José Carlos Oliveira, do Instituto Mutare, foi apresentado pelo diretor do Siemaco, Wagner Antoneli.

Ambos foram categóricos ao alertar sobre os riscos aos usuários de álcool e drogas, que são pessoas doentes, precisam de atenção extrema, cuidados médicos e não apenas de punição. No ambiente de trabalho, este risco é dobrado. Sobretudo para os profissionais da Limpeza Urbana, que desenvolvem tarefas de grande responsabilidade e requerem atenção extrema.

Sincero, José Carlos costuma relatar a própria história em suas palestras. Usuário de drogas na infância e fumante até os 30 anos, ele garantiu que é a recuperação é possível. Alertou ainda para os riscos para a família, que, segundo ele, adoece junto.

A Sipat foi organizada pela Técnica de Segurança do Trabalho da Ecourbis, Kelly, sob supervisão do gerente da UTRS, Pedro. A equipe sindical formada pelos assessores Elcio, Edson e Junior garantiram o suporte necessário.